title2.gif

Porto de Santos recupera calado máximo no Trecho 1

O Porto de Santos recuperou o limite máximo do calado operacional de 13,2 metros no Trecho 1 do canal de navegação, que vai da Barra até o Entreposto de Pesca. Com isso, em dias em que a maré está alta, navios com até 14,2 metros de calado (profundidade que pode ser atingida pela embarcação) estão autorizados a trafegar no complexo santista, até as proximidades da Brasil Terminal Portuário (BTP).

A decisão foi tomada após a análise, por parte da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), de uma batimetria (levantamento de profundidade) encaminhada pela estatal que administra o Porto de Santos.

Com o resultado a análise, o Porto volta ao patamar de navegação que havia perdido após o assoreamento (deposição de sedimentos) no final do primeiro semestre. Isto porque, no dia 30 de junho, as autoridades portuária e marítima foram obrigadas a restringir a navegação para navios com até 12,3 metros de calado.

Fonte:A Tribuna