title1.gif

China e EUA no radar do exportador de frutas

Terceiro maior produtor mundial de frutas, o Brasil começa a olhar mercados como China e Estados Unidos para tentar expandir os negócios. Hoje, os embarques de frutas representam apenas 3% da pauta de exportação do País.

Manga e melão estão na liderança entre os mais comercializados, mas cerca de 85% das vendas externas estão concentradas em compradores do continente europeu. As negociações mais avançadas, atualmente, estão na Ásia - recentemente, a Coreia do Sul autorizou a entrada de manga brasileira e China está na fase final de abertura para o melão. Os norte-americanos também estão com processos em andamento.

"Estamos batalhando para conseguir aberturas, não é um processo simples. Temos países vizinhos como Chile e Peru que exportam muito mais que a gente. As vendas têm crescido mas não é ainda no ritmo que esperamos", admite o presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (Abrafrutas), Luiz Roberto Barcelos, conforme noticiado pelo jornal DCI.

Fonte:Diário do Comércio e Indústria - DCI