title3.gif

Crise desnecessária quando esperávamos recuperação de exportações"

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), Antônio Camardelli, avaliou hoje que a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal na última sexta-feira, provocou uma “crise desnecessária” justamente no momento em que a indústria esperava uma recuperação das exportações brasileiras, após dois anos fracos nos embarques.

De acordo com Camardelli, que participou de coletiva de imprensa na sede da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o preço médio da carne bovina exportada pelo Brasil apresentava, nos últimos meses, trajetória de recuperação, e a demanda dos países produtores de petróleo, que são importantes compradores de carne, também sinalizava aumento, devido ao acordo de produção no âmbito da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

“A gente tinha perspectiva de recuperação, o preço médio começava a se recompor”, disse Carmardelli, lamentando a possível reversão desse cenário com a crise provocada pela Operação Carne Fraca.

Além disso, o presidente da Abiec também reconheceu que o processo de abertura de novos mercados fica prejudicada. A entidade esperava que, depois da abertura do mercado de carne bovina in natura dos Estados Unidos no ano passado, outros países pudessem acompanhar os americanos. “Agora não temos praticamente certeza de nada”, lamentou.

Fonte: Valor